terça-feira, 27 de julho de 2010

AMO VOCÊ E ESSE AMOR É PRA SEMPRE

Nossa estima cresce a cada dia.

É sombra de árvore frondosa,

é água de fonte cristalina

e ambos estamos submersos

nessa emoção eternamente: Divina!

Cada um reconhece a compreensão do céu no outro,

como se fôssemos palavras de uma única poesia.

É que nós nos amamos muito

e nossa unidade só vê qualidade

na cadência da mesma alegria.

Portanto amado de minha alma

é teu, somente teu o meu coração.

Sois na minha vida existência bendita

e também o motivo de minha inspiração.

Se mil vidas eu tiver,

eu sei que em todas irei te amar,

cumprindo assim a minha nobre missão

fazer de você flor e mar

e ser pra você:

O sol que ostenta tamanha admiração!


Fim desta, C. Santos - Akeza.

Muito obrigada e que nossos caminhos de coração, sejam de amor, paz e alegrias.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

VOCÊ VAI...



Caminhando na vida e escrevendo nas páginas do destino, caminhos...

Viver é ir além de si mesmo, para encontrar sentimentos e emoções.

Cada um tem sua jornada no tempo, tem propósitos entre escolhas e o sentido de tudo não diz quem irá retornar ou quem já retornou. Apenas, exerce condições revestidas de esperanças. Esperanças ofertadas de desdobramentos. O resto resta descobrir no despertar da essência.

O mundo não espera pela sua felicidade nem ela cairá do céu. Você decide as etapas seguintes e então verá jardins ou desertos.

Mas sendo que o criador da sua opulência ou da sua escassez é quem estiver mais próximo e quem o influenciar nos caminhos do coração. Já ouviu falar no campo vibracional? O outro também acrescenta ou retira algo de ti. Pois nada anda solto. Nada prossegue sem raízes. E o que se torna imenso, leva de ti atenção e algumas impressões.

Há símbolos na sensação das cores. Há ansiedades e encantamentos no silêncio. Entretanto, são as coisas simples que valem tanto.

O infinito disponibiliza o amor que supera a dor e indica plenitude. Porém, a grandeza da vida está na luz de cada alegria.

É necessário mergulhar de cabeça nas virtudes e fazer da alma um ritmo de plena: Poesia!


Fim desta, C. Santos – Akeza.


Muito obrigada por sua presença de sol no meu humilde mundo. Abraços de Paz.